Comprar sem planejamento durante a Black Friday pode levar consumidor a se endividar

O dia 23 de novembro será mais uma Black Friday no Brasil. Os anúncios de descontos expressivos e a expectativa de receber o décimo-terceiro salário podem levar a consumidores a caírem na tentação de comprar por impulso e contrair dívidas caras, principalmente no cartão de crédito.

A ausência de educação financeira no Brasil e a falta de planejamento são os principais motivos para o descontrole nos gastos. O mesmo acontece no momento de contratar crédito.

Segundo dados da Boa Vista SCPC, o índice de inadimplência do consumidor no País subiu 1% em outubro, na comparação com o mês anterior.

Jorge Vargas Neto, CEO da Zen, ressalta que o crédito é importante para estimular a economia e fomentar investimentos na empresa, em ativos como casa própria, veículo, que muitas vezes também é um instrumento de trabalho. Os bens de consumo por sua vez, devem ser adquiridos conforme necessidade e disponibilidade no orçamento familiar.

“O problema é que no Brasil temos o spread mais alto do mundo. Em países desenvolvidos, onde a taxa de juros é sustentável, a população usa esse importante meio para construção de patrimônio e expansão da economia. Mas para isso precisa de educação financeira e bons produtos financeiros, que são muito limitados no Brasil”, pontua Jorge..

Spread é a diferença entre a taxa básica de juros do Banco Central e o que é efetivamente cobrado pelas instituições financeiras.

O cartão de crédito é apontado como um dos maiores vilões e principal causa do endividamento dos brasileiros.

Veja dicas para não ficar inadimplente:

Planejamento: é preciso fazer uma análise do que se ganha e listar os gastos que terá. Só depois disso deve ser definido o que pode ser adquirido no período. Lembrando que no começo do ano há contas que precisam ser pagas como o IPTU e o IPVA;

Controle de gastos: O ideal é ter uma reserva financeira de pelo menos seis meses, para se resguardar caso aconteça algum imprevisto como desemprego, doenças e outros gastos imprevistos;

Cartão de crédito:  Os juros do cartão são os mais caros do mercado, muitas vezes passando 400% ao ano. Evite entrar no financiamento do cartão, parcelando a fatura ou pagando o mínimo. Se precisar de crédito existem meios muito mais sustentáveis como o crédito pessoal com garantia de imóveis.

Produto B2B Zen
banner_credito_zen

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*